FR EN ES PT
Procurar nos fóruns 
Rastreadores Ankama

[PROGRAMA] Entrevista com Corvo - 10/10/2014

Por Barlin#6260 12 Outubro 2014 - 05:14:37

Boa noite a todos!

Oferecimento Corvos de Efrim: Nós entregamos a sua mensagem.


Aqui quem fala é Noa D'Arca.

São 18h horas e este é nosso SEXTO programa. Estamos aqui no centro do Posto Avançado de Brakmar, com nosso anfitrião, Sir Zoão!

Como entrevistado da vez, temos nada mais que ele, um sram de uma das nações que estava um tanto apagada desde a última (atualização) intervenção divina, e quem vem fazendo um trabalho árduo apesar de não tão à mostra para colocar o poderio dela à vista de todos: governador de Brakmar, Gab-Morty!



Olá, governador Gab-Morty. Como estás?

  • Eu estou bem exausto. E vc, como está?

Ora, eu estou bem. rs

Exausto? Porque?

  • Bom, o ecossistema de Brakmar não é dos mais faceis de se arrumar, e minha equipe do governo não esta completa, então gasto muito tempo arrumando isso para a população.

Complicado mesmo... já se passou uma (ou foram duas?) semanas de seu governo. O que tem achado dessa experiência?

  • Vai fazer duas semanas, é uma experiência diferente, pois muita gente critica, xinga etc. Mas muita gente também agradece e fala bem, então é ótimo fazer esse trabalho para ajudar os jogadores.

Que bom... pretende se reeleger novamente?

  • Sim, no momento já está acontecendo a eleição. Pretendo me reeleger por dois motivos: não vejo outro governante interessado em arrumar Brakmar (já tem tantos problemas aqui) e também não quero ver meu trabalho sendo jogado fora.

Holly Glaeder: Apoiado!

Então fica a dica para os demais brakmarianos aqui: as eleições já estão ocorrendo wink

Wennertank: também apoio a candidatura desse jovem prodigio

  • Eu estou meio triste porque pensei que a oposição iria concorrer, mas só tem eu de candidato até o momento. Daí reforça minha ideia de que ninguém quer arrumar Brakmar.

Pacini: Sim, por isso eu fui para Bonta. Mas to pensando em voltar para cá.


  • Melhor coisa que você faz, precisamos de mais gente dedicada.

Black Beard: Brakmar era uma vergonha antes dele assumir.

Wennertank: Para ter o ecossistema equilibrado - é com o Gab!

Esse governo que passou, como você definiria sua atuação no governo?

Black Beard: Um governador e mestre de guilda que ajuda sempre que pode é raro.

  • Eu? Acho que foi ótima, pois consegui fazer varias coisas que julgava impossível antes. Mas quem tem que dizer isso é a população. Quem quiser interagir e fazer perguntas, sou todo ouvidos sobre projetos futuros e etc.

Black Beard: Planeja alguma investida por territórios em larga escala?

(Produção, pode isso? Está liberada as perguntas durante a entrevista?... o que? Novo formato?! Porque vocês não me... tá... tudo bem, um teste. Mas e se..? Tá, entendi...)

  • Atualmente só podemos conquistar calamar.

Pacini: Como vc se sente sabendo que os Riktus tem planos para destruir Brakmar?

  • Cara, vou continuar com meus projetos, e como falei, se alguém quer destruir nosso ecossistema, temos que lutar para defender. Por isso fundei a Fúria Carmesim.

Black Beard: Temos de honrar o vermelho da nossa bandeira e destruir qualquer ameaça!!

Perdão pela ignorância, mas o que seria a Fúria Carmesim?

  • Bom, juntei o fato de Brakmar ser vermelho, cor de sangue, simbolo de guerras e do nosso trabalho e juntei a fúria de ter inimigos destruindo nosso ecossisstema. Daí surgiu a fúria Carmesim - aliança de guildas Brakmarianas.

Herodarkness: gostei.
Pacini: Eu também.
Wenner: Eu também.

  • Nos falta poderio militar, mas com o tempo conseguimos arrumar, não podemos desistir.

Que bom... quanto à diplomacia, qual a sua relação com as demais nações?

  • Olha, com Sufokia temos uma ótima relação, mas as outras nações nunca tentaram falar comigo e não consigo entrar em contato com eles. Então não temos boa relação.

Bsfyr: Se tiver coragem, diz que você faz o que quer! Na hora de pedir votos é assim!

Herodarkness: buuuu!!!
Pacini: Vai pastar!!
Wenner: volta para Bonta!

Eitah, tem gente nervosa aqui no meio.

Bsfyr: Bando de lambe ovos. Ele não tá nem aí pra gente! É só ver o quanto ele gastou da riqueza das nações! E ainda vem com ameaças para cima da gente. Governador de #$%&!

  • Bom Bsfyr, como falei com você não ameacei às escondidas ninguém. E continuo a falar que se eu te ver fora da cidade te mato só pela difamação.

Opaopaopa, temos uma denuncia de roubo no governo. O que você teria a dizer a respeito disso, governador?

  • É impossível retirar kamas dos cofres públicos para benefício próprio. Todos os kamas só podem, e são, investidos nas demais atividades do governo - tais como liberar novos desafios em determinados locais, alterações climáticas e ecossistema. Você pode até mesmo conferir os gastos públicos, se quiser (entrando no menu do governo, apertando N).

Ragnar: pra você que é amigo eu vendo meu voto por um milhão de kamas. hehehe

  • Não compro votos.

Mas, governador... e os Riktus? Você tem algum contato com eles? Qual seria sua relação com eles?

  • Bom, eu converso bastante com o Katar, geralmente pedindo dicas de (PvP / JcJ) manobras em combate. haha

  • Já a nossa relação com os demais Riktus é a seguinte: só matamos aqueles que destroem o ecossistema, se o cara esta plantando e colhendo de boas, não tem porque brigar.

Bsfyr: você está acabando com Brakmar!


Herodarkness: esse Brakmar tem jeito de Bonta!!!Wenner: sangue ruuuim!!


Bsfyr, vejo uma grande revolta em você. Gostaria de fazer uma pergunta simples e direta para que o Gab responda?

Bsfyr: Não preciso de intermediário para falar D’Arca. Eu falei com ele. Dei proposta, ele até tentou mudar. Elogiei, mas acho que o problema aqui é ele. Pensem um pouco. Se vocês gostam mesmo de Brakmar, tenho certeza que queria ver uma nação superior à Bonta. Pensem se com essas atitudes algo vai mudar. Sem mais.

(Ouch... não precisa rir, produção. Eu entendi a mensagem... Tá... parem de rir!)
Uh-hum...

Voltando: como você tem lidado com a oposição de seu governo?

  • Bom, eu tento responder na calma, mas quando começa a difamar e mentir falando que não faço nada, que só fico na cidade, eu perco a cabeça. Por isso ameacei o Bsfyr.

Ragnar: temos que focar no poderio militar. Estamos atrás das outras nações...

Herodarkness: seria interessante tu entrar como General da nação, Ragnar!

Ragnar: eu não vou me envolver na política agora. Acho que, para governar, não é preciso só de cabeça e boas ideias, mas força. E você não conseguirá isso se não for forte o suficiente.

  • Exato, Ragnar! Furia Carmesim, tu já tem o espírito.

Ragnar: quando alcançar minhas metas aqui, entro para a politica de Brakmar.


Wennertank: O brakmar, nação a ser temida! Na gloria encontrou o seu lugar. Somos fortes, poderosos e soberanos e a todos um bom reino vamos dar!

Ragnar: eu vou ser forte num futuro próximo o suficiente para trombar com os melhores de outras nações, aí se tiverem interesse, me procurem. E quanto chegar a hora, Vikings e seus aliados que tiverem interesse vão entrar na política.

  • Anotado.

Mudando de assunto. O que você considera primordial para ser um bom líder?

  • De nação? Acho que ele tem que ser flexível, pois tem que se adaptar bem a todas as situações. Acho que flexibilidade é a chave.

Bom.. e o que falta para que Brakmar passe Bonta como melhor nação de Efrim?

  • Creio que o principal problema atual seja o poderio militar. Mas pretendo conseguir isso para Brakmar junto ao respeito e honra.

Wifi: hmm… se fosse para descrever três pontos fortes do governo dele, quais seriam?

  • Os três pontos fortes do governo acho que são dedicação, esforço e vontade de mudar.

Oi? Que foi agora, produção... mas não deveria ser durante as perguntas do... tá, novo formato. Saquei...

Senhor governador... chegou uma pergunta por corvo. Você gosta de (erotis) Heroísmo?

  • Gosto! Quem não gosta? Mas prefiro as heroínas (ou yuri).

Black Beard: Gab, pretende formar uma equipe para defender os (Low Level) mais fracos de ataques constantes em nosso território?

  • Sim, estou trabalhando nisso, principalmente. Perto do barco de Brakmar em Mordidaldeia.

Wennertank: Com a consolidação do mercado atual e eminência do cisalhamento nas nações, o que você pretende fazer para a melhoria você faria para o bem de bramar se vc já tem programas elaborados para tentar?

Noa: Masoque?

  • Então, eu já tenho um projeto para melhoria, e estou negociando com as outras nação - no caso, Sufokia.

O que?! ... Sério mesmo, produção?! Tudo bem...

Me desculpe, senhor governador e cara platéia. Mas terei que dar uma pausa em nossa entrevista. Devo voltar em meia hora.

  • Tudo bem.



*Uma hora depois...*




Peço desculpas, Governador Gab-Morty, tivemos uns problemas técnicos mas já está tudo resolvido. Não faltará filé de Lambiscarneiro selvagem para mim amanhã.

  • Tudo bem. Só que algumas pessoas saíram para resolver umas coisas também. Fique aqui tirando algumas dúvidas.

Aí sim... menos gente cortando o que eu falo. hehehe
Você acredita que o chefe já estava pensando em *AAARGH!* não precisava fazer isso, produção. Tá bom... entendi... a entrevista...

Erhe-hum...


Como o seu governo tem recebido os novatos?

  • Sempre tento chamar os novatos para vir para Brakmar, e assim serem acolhidos pelas Guildas daqui. Na minha (Halloween) explico como funciona o Ecossistema. A guilda Le Rei ajuda o pessoal a ficar mais forte, dentre outras. Geralmente encontro bastante novato quando estou plantando, então sempre tiro as dúvidas.

Senhor governador: é conhecido que o Vince pretende não participar de novas eleições em Bonta. Além disso, acabei de receber uma mensagem de um corvo de que o Be Ka também vai largar o governo. O que você acha sobre isso? Será bom para Brakmar? Porque?

  • Olha, acho que para um novo começo é bom sangue novo, pois também sou novato aqui. Estou tirando proveito de tudo o que acontece em Efrim para suprir as necessidades de Brakmar. Não somos a melhor nação, longe disso, mas queremos ser!

Saar: Mas a experiencia não é melhor que revolução?

  • Experiencia vem com o tempo, ninguém nasce sabendo. Para aprender, tem que errar.

Saar: Ufa, ainda bem. Porque recomeçar como revolucionário Markissista é um erro. Ainda mais quando se é otaku assumido.

  • O modo como vivo minha vida não diz respeito à ninguém aqui, pois eu me banco.

Mas oi? Markis? Otaku assumido? Produção? Ajuda?

  • Se eu fosse gay, otaku, travesti, ainda assim ninguém pode falar nada.

Tudo bem... voltando: você diz que Bonta, por exemplo, é uma nação mais forte que Brakmar. À que você atribui a força atual de Bonta?

  • Às guildas, pois Bonta começou a se estruturar cedo após a intervenção divina. Então os membros de lá tem uma vantagem por terem se focado em ficar mais fortes. Daí vem o poder deles. Mas eu acho que eles usam o poder que tem de forma errada.

Como assim de forma errada? Qual seria a maneira correta, ao seu ver, de utilizar tal poder?

  • Eu acho que uma nação, quando se tem as guildas participando do governo, a função é proteger suas cidades, ecossistema e a nação - e não agredir em (low level) gente mais fraca. À partir do momento que você tem um poder e o usa de forma errada, pode trazer varias reações negativas. No fórum mesmo, tinha um cara falando sobre a No Mercy, mas eu acho que os bontarianos que fazem mais isso de agredir quem (está de asa fechada ou level baixo) está passeando poraí.

Hmm… entendo. O que? Tambores? Mas já é hora?

*Obrigado por não alterarem isso, produção*


Podemos ir para a pergunta bônus?

  • Claro

Governador Gab-Morty: Riktus em Bonta ou Amakna em Sufokia - como faz pra dar Brakmar?

  • Deixar os Riktus em Bonta, e proteger Sufokia de Amakna para honrar nossa aliança!

Espero que tenham gostado! Muito obrigado pela presença de todos! Aqui quem f-

  • Posso deixar duas mensagens?

Opa - desculpe. Mas claro que pode!

  • Primeira é para todos de Efrim: Toda ação tem reação.

  • Segunda, é para os brakmarianos - galera, vamos cuidar do meio ambiente, se cortar, replante. Assim sempre teremos recursos. Cuide do ecossistema e ele cuidará de vcs.

Muito bom...

Encerrando: espero que tenham gostado tanto quanto eu! Esse foi mais um Entrevista com Corvo!

Até já, pessoal!

----------------------------

*Algumas informações foram editadas a fim de ficarem mais claras, dinâmicas e divertidas*


Outras Entrevistas:



0 0
Reações 5
Pontuação : 22

Um otimo trabalho,bem feito e bem explicado,adorei a entrevista.Gab sem duvida levantou brakma,espero q ele fique governando por um bom tempo xDDD
GO BRAK!

0 0
Pontuação : 41

Gostei bastante da sua posição sobre os riktus q colhem mas q plantam tbm , pq algumas nações te julgam pq vc dos riktus , mesmo q vc n esteja fazendo nada de ruim.Parabéns pelo trabalho e boa sorte.

0 0
Pontuação : 652

Olá Barlin,

ótima entrevista, impressionante. Ótima forma de conduzi-la (apesar de longa, você consegue manter o interessa do leitor até o fim), parabéns.

-Abraços!

0 0
Pontuação : 4704

Que bom que gostaram xD

Então, a entrevista não necessariamente segue essa ordem de perguntas. Geralmente eu altero a ordem das mesmas para ficar mais agradável para ler - e incluo umas coisas de rp e tiro outras de fora do jogo.

Estou me esforçando para manter o ritmo semanal. Se tudo der certo, manterei essa linha. Fora isso, mudei um pouco o estilo das perguntas nessa nova temporada (a primeira temporada foram as cinco primeiras perguntas).

Quero ver se, acabando essa segunda rodada de governadores, começo a fazer uma série de entrevistas com os líderes das guiadas de Efrim - as top 10 pelo menos. Mas claro, são planos... veremos ainda no que vai dar.

Att. Noa D'Arca

0 0
Pontuação : 3

Ótima entrevista.
Estão de parabéns tanto Barlin quanto o governador que souberam conduzi-la perfeitamente,agora todos poderão ver que o governo de Brakmar é um governo serio e voltado para os Brakmarianos

0 0
Comentar neste tópico