FR EN ES PT
Procurar nos fóruns 
Rastreadores Ankama
Fixo

[PARTICIPAÇÕES - Fórum] 4 concursos para os 20 anos da Ankama!

Por [Ankama]WAKFU - ADMINISTRADOR - 10 Setembro 2021 - 16:30:00
AnkaTracker

Este tópico é exclusivo para postagem das participações do evento "4 concursos para os 20 anos da Ankama!".

Mais informações sobre o evento e caso você queira saber como participar dos outros concursos, por favor, clique aqui!

Data fim para postagem: 20 de setembro, às 09h30 (de Paris)

Para saber como publicar sua imagem aqui, você pode utilizar este guia

Primeira intervenção da Ankama

Olá pessoal, 

O resultado foi publicado aqui.

Agradecemos a todos pelas participações. 

Exibir contexto da mensagem
Reações 13
Pontuação : 58

Fiz a postagem aqui , mas agora achei esse tópico, irei postar aqui também, pois sou brasileiro, minha linguagem nativa é o português.



Ah sim, este lugar me traz lembranças, as minas de Brakmar, possui minérios raros, monstros exóticos e violência.

Sim, eu lembro, como se fosse hoje ... Pegando minha picareta, indo mineirar um pouco.

As minas daquela época eram um lugar escuro, não dava para ver muito, apenas os minérios brilhantes ao longe e, claro, os olhos dos seus inimigos, olhando para você, traçando seu próximo movimento.

Na escuridão total das minas, do nada, eu me lembro como se fosse hoje ... Ser gankado por três Osamodas rosa, ou um Iop muito zangado, ou um Enutrof, que estava cheio de raiva por eu estar minerando SUAS riquezas. Era um lugar vil, cheio de ódio e vingança. E, no entanto, isso me dá muitas lembranças de alegria.
3 0
Pontuação : 697

Gosto bastante de eternizar momentos, mas esse em especial foi muito importante pra mim e pros meus amigos. A captura foi tirada logo após batermos o recorde no ranking do Fumoon no servidor Efrim (na época era s36), depois de inúmeros fracassos e perrengues nossa equipe com 5 jogadores reais finalmente conseguiu passar. Um salve pros meus consagrados que fizeram parte desse momento: Zyra Dracomante (Sadida), Onore (Osamodas), Metatrof (Enutrof) e Brendho (Sacrier) [Eu estava de Eliotrope e Feca como herói).

1 0
Pontuação : 29

Embora eu seja amakniana de coração, existe um lugarzinho em Bonta que me rendeu e ainda rende boas risadas, mesmo depois da reformulação das nações, o Matagal do Telbrioko sempre está lá para aquecer nossos corações! 

2 0
Pontuação : 161

Essa ai gosta de uma fuleragem heuheuheuhe

0 0
Pontuação : 225

Olá, queria compartilhar meu local especial também.
Depois de muitos anos nesse jogo; o Reino Sadida se tornou meu lugar favorito, desde antes da reformulação. A aura desse lugar é contagiante, você sente que faz parte desse lugar. 
Sempre que eu queria relaxar, aproveitar o jogo ou apenas ficar andando sem rumo eu me deslocava até lá.
Quando meu namorado resolveu jogar comigo usei esse reino maravilhoso pra mostrar a ele um pouco do jogo, upei ele lá até não dar mais e compartilhei com ele o meu local favorito.
Nesse mundo de hoje; ter um lugar dentro do seu jogo favorito pra relaxar é sempre bom, recomendo a todos que queiram um lugar especial a olhar esse reino e desfrutar junto comigo  em algum lindo cantinho no Reino Sadida. Pode ser reformulado mil vezes, mil vezes ireia amar esse lugar. <3 

1 0
Pontuação : 161

De todos os anos que eu jogo esse game, me deparei com muitos locais fantásticos que poderiam facilmente estar aqui como meu local favorito. Mas tem aquele local, aquele pequeno local, que sempre me chamou mais atenção, onde por muito tempo foi o meu mundinho, onde eu conseguia reunir meus amigos para aquela roleplay, que é oque eu mais amo nesse jogo, tudo era possível naquele lugar, desde um casamento mal programado, até uma competição de corrida de montaria.
O lugarzinho que mais aquece meu coração, o Mundo Seguro.

1 0
Pontuação : 60

Bom, eu passei um bom tempo tentando decidir qual o meu local favorito desse jogo, então em um momento aleatório abri a galeria e vi um print meio antigo já em que eu estava lá em astrub perto daquela corujona pomposa, lembro que a primeira vez que à vi até cheguei a dublar os diálogos dela, não tem muito de especial mas é uma memória que guardo comigo, quando eu me recordo de todas as vezes que eu reencarnei lá perto por morrer pra papatudos e pius me dá uma nostalgia, agora quando vejo os novos iniciantes chego a me sentir velha mas também penso que valeu a pena todas as vezes que loguei.

0 0
Pontuação : 228

Uma época que agora é uma lembrança eterna.


Que bons tempos me trazem esta imagem, numa época em que boas lutas e sentimentos que outrora não voltam mais. A antiga “5th Bond Avenue” de Bonta era um lugar especial que reunia vários jogadores, foi um lugar épico que trazia várias interações, lutas amistosas e vendas de mercadorias, me enche os olhos ver esta imagem de quando eu tinha ali o nível máximo mais ou menos na época: 100…mal sabíamos que futuramente teríamos: nível 200, muito menos 215. Com a presença dos amigos, desbravamos o mundo dos doze, formamos guildas, criamos vínculos e ríamos juntos, uma pura e velha diversão, todos ali paravam e assistiam as lutas. Eu mal sabia hoje que diante dos meus olhos estavam ali duas coisas que fariam parte da minha vida: piratas e corvos… que coincidência, fazendo parte de mim hoje, uma guilda de piratas, a velha e boa Corvos de Efrim.

"Souvenirs" Lembranças de quando ladino era ladino: Pisou morreu, de quando iop stunava e trazia para o campo de batalha a sua (estandarte) de bravura, entre outras mecânicas de classes, tempos esses que começávamos a luta e lá estavam as nossas espadas, bastões de tofu e escudo de gobbal… incrível como o tempo passa e só me resta agradecer e dizer obrigado anakama por este jogo chamado wakfu, dispenso as críticas, pois, agora é o tempo de celebrar e agradecer pelo tempo em que tive, desde 2013 na qual essa imagem pertence, um retrato de uma lembrança que não fica só em mim, creio que em muitos, até daqueles que tiveram companheiros do outro lado do mundo que partiram dessa vida… obrigado.
Assinado: Pirata Dan'.
0 0
Pontuação : 6

Num cantinho da encosta alta do monte Zinit, ainda abaixo das nuvens, da para ver o mundo dos doze inteiro (ok, não literalmente). Quando cheguei aqui pela primeira vez, depois de muito esforço, foi como contemplar toda a minha jornada, todos os momentos com os amigos e tudo que conseguimos até ali, também me lembra de quando eu mesmo estava lá na praia, imaginando até onde eu conseguiria subir. Esse lugarzinho ainda é especial para mim porque daqui não consigo deixar de pensar o quão incrível tem sido a aventura.

0 0
Pontuação : 22

Print capturado na virada do mês, onde parte do servidor costuma se reunir em Ecafliperama para tentar a sorte (ou azar) abrindo as recompensas do modo Ranqueado. Essa imagem é importante para mim, me aquece o coração ver tantas pessoas reunidas conversando e se divertindo.
Sempre que coloco os pés em Ecafliperama me da a sensação que enquanto existir o Mundo dos Doze, haverá muitas pessoas apreciando esse jogo incrível que é o Wakfu!  

0 0
Pontuação : 18

Eu costumo visitar o Bibliotemplo todos os dias, é um lugar sagrado para mim, então coleciono várias e várias lembranças desse local que eu amo muito.
Foi aqui que eu consegui o meu primeiro mascote (Arakne), meu primeiro Traje (Jiva), sem falar nas inúmeras balinhas de Prospecção e Sabedoria, que me ajudaram a chegar onde eu estou hoje.
Não se esqueçam de orar para os Deuses! 

0 0
Pontuação : 52

Recordações


A jornada é um laço que interliga a imaturidade, que há no início da vida, com as lembranças adquiridas no processo do viver. Recordar é, portanto, reviver o que outrora fora importante. Sempre que possível retorno, para o alívio da alma, ao ponto inicial da minha aventura; a simplicidade da ambientação - os livros espalhados pela casa, a lareira constantemente acessa e a capa de chuva sempre ao lado da porta caso Ogrest resolva lamentar da vida compõem um aspecto que me é familiar pois evoca recordações da casa dos meus avós que, ininterruptamente, visitava na infância. Vovó Dindin com sua "meia-estatura" e trejeitos alude a minha avó; os óculos "fundo de garrafa" que constituem a imagem de ambas, lembra-me os olhos atentos às travessuras que praticava no interior de São Paulo. Assim como Vovó Dindin que, presenteia-me com o seu presente matrimônio - Jellufo, companheiro durante toda a viajem -, minha avó sempre dava-me cartas e souvenirs dos momentos que passara com o meu avô. As lembranças que abarcam a aventura do viver, portanto, são aquelas que interligam o que vivemos com a maturidade do presente.
0 0

Olá pessoal, 

O resultado foi publicado aqui.

Agradecemos a todos pelas participações.